Obras de Tarsila do Amaral em exposição na Galeria de Arte do BC

Em 17 de janeiro de 1973 morria Tarsila do Amaral, um dos ícones do modernismo brasileiro. 40 anos após seu falecimento, suas obras podem ser vistas e apreciadas em todo o mundo. A exposição Vanguarda Modernista, em cartaz na Galeria de Arte do Banco Central em Brasília, conta com diversas obras da artista que fazem parte do acervo da instituição. Em óleo sobre tela, os visitantes podem apreciar os quadros Autorretrato com vestido laranja (1921), Nu (1922), Garimpeiros (1938) e o Porto (1953). Também compõem a mostra uma coleção de sete gravuras em metal, elaboradas em 1971. Além de obras de Tarsila do Amaral, o público também poderá apreciar trabalhos de Emiliano Di Cavalcanti e Vicente do Rêgo Monteiro, Candido Portinari, Ismael Nery, Cícero Dias, Orlando Teruz, Alberto da Veiga Guignard, Antônio Gomide e Aldo Bonadei. As visitas, gratuitas, podem ser feitas das 10h às 17h30 (de terça-feira a sexta-feira) e das 14h às 18h (aos sábados e domingos).

audio/mpeg radiorelease_tarsiladoamaral.mp3 — 5755 KB